Páginas

sábado, 27 de junho de 2015

Reformas das blogueiras

Nossa Senhora das blogueiras e designers está ao nosso favor. Tudo isso pra dizer que estou muito contente com essa onda de reformas e construção na vida das blogueiras.Sério! Taciele Alcolea, Bruna Vieira e Nina Santina estão numa nova fase da vida delas e nós também ganhamos com isso. São muitos posts de inspiração para decoração e ótimos vídeos no youtube.Divirtam-se também.

Taciele Alcolea
Comprou uma casa e está deixando com a cara dela e do marido Fernando.




Bruna Vieira
Irá morar aqui no interior de São Paulo com a família.Tipo ela e a Taci são minhas vizinhas haha sqn.Ah! aqui é o link do Pinterest dela.


Niina Secrets
Vai morar sozinha num apê, não sei onde :(  O Pinterest dela. O canal dela é o mais organizadinho por categorias então dá pra acompanhar bem os vídeos da reforma e em breve da decoração.
Aproveitando fica o link para o meu Pinterest, tenho vários painéis para os diferentes cômodos da casa, fachada, ideias aleatórias.
Bom é isso, por hoje chega! Overdose de construção.

.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

cursos na área de Design de Interiores

Confesso que sou um pouco preguiçosa, então aqui vai um arquivo onde poderá encontrar os bacharelados, tecnólogos e cursos técnicos de Design de Interiores no estado de São Paulo.Essa área é bem nova no Brasil e está em grande ascensão devido a enorme quantidade de minúsculos apartamentos que vêm sendo construídos.Por isso as opções de bacharelado na área são bem poucas, tem a Belas Artes, super tradicional e carinha, e a CEUNSP que é a faculdade que estou fazendo, que parece (ainda estou no primeiro semestre) ser muito boa, já ganhou o meu conceito com as aulas de desenho técnico no papel de verdade-risos.
 Vou parar de bla-ba-bla e deixar vocês à vontade para entrar no arquivo e tirarem suas conclusões, ah! boas fontes de pesquisa sobre os cursos: Guia do Estudante e ABD.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Faculdade

Continuando...
O motivo para eu sair do trabalho foi a faculdade, que finalmente estou adorando, então vale o esforço. Não foi uma missão nada fácil escolher meu curso, passei por uma grande onda de indecisão, pesquisei muito, avaliei prós e contras, pedi opinião de algumas pessoas e decidi que ia fazer um curso técnico, sério.Mas uma opinião um tanto quanto inusitada, do meu chefe, me fez mudar e querer fazer faculdade.O técnico do Centro Paula Souza é muito bom, mas não tem um peso de faculdade no currículo, então arrisquei a fazer a faculdade.
Foi uma das melhores decisões que tomei, a faculdade é sim muito boa e quando a gente está bem o universo conspira ao nosso favor, fiz excelentes amigas em um curto espaço de tempo, são verdadeiras companheiras e me ajudam sempre nos estudos e na vida.Quando estamos no lugar certo tudo dá certo, no fundo no fundo é isso que todos nós procuramos, não ter uma profissão top, que agrade os pais e a sociedade, mas algo que nos encha o coração, que nos faça bem.Eu finalmente me encontrei no Design de Interiores e no próximo post vou falar sobre os cursos na área e também vou falar muito sobre o assunto aqui no blog.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Trabalho







































Ilustração: Inslee Haynes
Muitas mudanças têm acontecido na minha vida, vivi uma fase incrível, mas de muuita correria então vou tentar atualizar as coisas por aqui.Vai ser uma missão um pouco difícil e que vai levar um tempo, mas vamos lá, ao desafio!!
Bom, vou começar atualizando a lista de 101 coisas em 1001 dias. Uma das coisas mais incríveis que aconteceram comigo de 2014 pra cá foi o meu primeiro emprego.Não estava nada fácil encontrar emprego na época e muito menos agora, quanto mais o primeiro emprego. Mas fui agraciada com um belo emprego numa escola de inglês,  fui muito bem recebida, o trabalho e o ambiente eram bem legais e de quebra tive contato com vários gringos mexicanos, britânicos, estado unidenses,indianos e fiz boas trocas culturais. O mais incrível desse trabalho é que pude riscar vários itens da minha listinha.

  1. Consegui um trabalho e aprendi a ter  responsabilidade, não que eu não tivesse, mas é diferente da época de escola, quando o despertador toca você tem que acordar quer queira quer não. Me vi em situações difíceis em que eu era a responsável, então tive que dar meu jeito sem apelar para mamãe e papai. E perdi muuuuito minha timidez, afinal trabalhava numa recepção, tinha que ligar para pessoas e essa coisa toda.
  2. O clima de trabalho era tão bom que meu único medo era de me sentir em casa demais e esquecer do trabalho.Dá pra ver que fiz ótimas amigas, como na época de colégio, você convive com as pessoas todos os dias que acaba virando família, a melhor sensação do mundo é quando você olha pra alguém e esse alguém já saca tudo.Então alarguei minha rede de relacionamentos, fiz novos amigos e pude ser eu mesma com pessoas que não são da família.
Isso aconteceu em 2014 e no finalzinho do ano resolvi (aleluia!!) que iria fazer faculdade de Decoração e Design e  mudei para o horário da manhã no trabalho, foram os meses mais difíceis da minha vida, sério.Sei que tem muita gente que trabalha e estuda, sei também que isso é possível.Mas no meu caso tanto a facul, quanto o trabalho ficam longe de casa e eu ainda não dirijo, as coisas estavam ficando bem complicadas, estava muito estressada e tendo fortes crises de enxaqueca.Então tive o privilégio de sair do trabalho, privilégio porque graças a  Deus meus pais podem continuar me ajudando financeiramente. Não  gostaria mesmo de ter feito isso, foi uma decisão que precisei tomar em prol dos meus estudos e tenho certeza que não vou me arrepender, isso eu contarei no próximo post.
Continua...

sexta-feira, 19 de junho de 2015

#fail2

Pra ler ouvindo:

Ninguém deveria ter o direito de sair das nossas vidas, ninguém. Talvez seja egoísmo meu.Que seja.Mas como pode alguém dizer que nos ama e sumir do nada? Seja um/a amigo/a ou namorado/a. Ninguém deveria ter esse direito. Se foi real, se foi verdadeiro não é uma briga a toa, uma bobeira qualquer ou um orgulho tolo que vai separar quem se ama. Esse é o problema dos relacionamentos quando acaba acreditamos que nunca foi real.
Porque não podemos encontrar outras formas pra continuar amando?Porque não podemos ser sinceros uns com os outros? O que custa tirar histórias mal contadas a limpo?Eu não sei, só sei que bons relacionamento chegam ao fim.